PREVINE HOMEM

Urologista explica a importância de visitas regulares ao médico

Doutor João Paulo Majella de Godoy Morais (CRM/DF 13712) é urologista na Clínica SAÚDE BRB há pouco mais de um ano, formado pela Universidade de Brasília, integra a equipe de uro-oncologia do Instituto Hospital de Base. Confira a entrevista sobre saúde masculina concedida ao Mais Vida.

Mais VidaVocê chegou à SAÚDE BRB na época da implantação do Previne Homem. Gostaria que falasse como está o programa hoje.

João Paulo – A vinda de um urologista para cá coincidiu com a avaliação de que o público masculino não tinha uma boa adesão aos programas oferecidos pela Clínica. É cultural do homem, diferentemente das mulheres, não ter uma visão preventiva. Ele costuma recorrer ao médico quando já está tendo algum sintoma. Para despertar a atenção do homem para isso, tornou-se importante o desenvolvimento de ação específica volta à saúde masculina. E foi assim que, em pleno novembro azul, em uma palestra multidisciplinar, nasceu o Programa. Esse evento, inclusive, teve um bom público e foi uma ótima oportunidade para reforçar a importância da prevenção para os Beneficiários.

Durante esse um ano de Previne Homem, foram realizados 896 atendimentos pela Urologia e, desses, 148 somente nos dois primeiros meses de Programa. Embora atenda a adolescentes de 14 anos, a maioria dos Beneficiários atendidos encontra-se na faixa etária de 45 a 59 anos, público eletivo para o rastreamento do câncer de próstata. Alguns pacientes foram diagnosticados com hiperplasia prostática e realizaram cirurgia. É claro que ainda falta trazer muito mais homens à Clínica, mas esse já foi um enorme avanço.

Importante destacar que a urologia não está relacionada exclusivamente à da saúde do homem. Outros problemas que envolvem o aparelho urinário também são tratados aqui como: incontinência urinária, infecções de repetição, cálculos renais, entre outros.

Mais VidaPara você, qual é o maior diferencial do serviço oferecido na Clínica?

João Paulo – Vejo muitas vantagens no trabalho que desenvolvemos aqui. A primeira, seria atuar na prevenção e não no tratamento da doença. É contribuir para a manutenção da saúde e bem-estar dos usuários. A segunda, seria a da assistência integral ao Beneficiário, realizada por equipe interdisciplinar. Os profissionais se comunicam entre si sobre os casos nominais dos pacientes. Isso é muito raro e favorece um diagnóstico mais completo e um tratamento mais eficiente. A outra vantagem seria a própria infraestrutura da Clínica, que é um espaço confortável e bem equipado. Tem todo um serviço de ligar para o paciente quando está na época de refazer os exames, ou mesmo para acompanhar o tratamento. São várias coisas que contribuem para que tudo dê certo.

Mais VidaGostaria, então, que fizesse um convite aos Beneficiários do Plano.

João Paulo – Os Beneficiários devem conhecer e utilizar os serviços da Clínica SAÚDE BRB. A nossa intenção aqui é realizar o tratamento preventivo, e o público masculino deve ter a consciência de que o câncer de próstata é o tipo mais comum que acomete homens principalmente na faixa etária acima dos 50 anos. É uma doença que, no início, é absolutamente assintomática, sem indícios físicos, o que faz com que os homens não busquem atendimento médico. É preciso que eles venham para fazer o rastreamento. O diagnóstico precoce é muito importante para garantir qualidade de vida no processo natural do envelhecimento. Além disso, a consulta na Clínica é uma oportunidade para avaliar outras questões com a da sexualidade, dos hábitos de vida, da alimentação ou de algum problema psicoemocional. Estamos aqui disponíveis para a construção desse paciente saudável.