ATENDIMENTO

Cartão de visita da Operadora

Ana Paula Mendes é Supervisora Administrativa e está na SAÚDE BRB há 5 anos. Ela integra, atualmente, o Setor de Atendimento (SEATE), formado por oito funcionários, sendo dois estagiários, sempre prontos a prestar o melhor atendimento aos Beneficiários. Conheça um pouco mais sobre a colaboradora em entrevista concedida ao Mais Vida.

 

Mais VidaQual a sua formação profissional?

Ana Paula Mendes – Sou formada em enfermagem e pós-graduada em auditoria e enfermagem do trabalho.

Mais VidaComo entrou na Saúde BRB?

Ana Paula – Recém-formada, uma colega de faculdade informou sobre a abertura de uma vaga no setor de processamento de contas e solicitou que entregasse meu currículo para avaliação e posterior entrevista. Foi realizada a entrevista pela gerente Alba e Eliane, e no dia seguinte recebi a ligação informando que havia sido selecionada.

Mais VidaPor quais experiências profissionais você passou até entrar na Caixa de Assistência?

Ana Paula – Trabalhei por 7 anos em empresas terceirizadas que prestavam serviços de help desk (suporte técnico aos funcionários) em um banco de grande porte, iniciei como operadora de telemarketing e logo em seguida fui promovida como analista. No término da faculdade, realizei estágio na ANVISA, terminando o curso passei por trabalho voluntário na emergência e ambulatório de um posto de saúde e já trabalhando aqui, lecionei em um curso técnico.

 

Mais VidaQuais são as suas atribuições atuais?

Ana Paula – Hoje, no cargo que ocupo, sou responsável por supervisionar, organizar, coordenar e controlar as atividades realizadas pelos colaboradores da equipe. Verificar se as tarefas estão sendo realizadas no prazo e com a qualidade necessária, checar cumprimento de horários, distribuir tarefas e determinar correções de atividades executadas pelo setor. Além da realização das atividades específicas de supervisão, também realizo atividades operacionais junto à equipe, como: auxílio aos demais setores da caixa de assistência, emissão de autorizações após avaliação dos procedimentos pela auditoria médica, esclarecer dúvidas correspondentes às autorizações e negativas, recepcionar os beneficiários direcionando-os, se necessário, aos demais setores, contato e recepção de autorizações das caixas de reciprocidade, auxílio correspondente aos parâmetros para avaliação das solicitações, indicadores correspondentes às negativas, controle de prazos, recepcionar solicitações de reembolso, orientar prestadores sobre as solicitações de autorização, entre várias outras atividades ligadas ao atendimento.

Mais VidaQuais são os seus maiores desafios na Instituição?

Ana Paula – A área da saúde sempre foi e sempre será desafiadora. É uma área que requer sempre o melhor de seus colaboradores, exigindo tanto conhecimento técnico, quanto emocional. Trabalhar em uma caixa de assistência, onde se tem contato com as mais diversas situações, requer equilíbrio, empatia, respeito e acima de tudo profissionalismo.

 

Mais VidaFale um pouco sobre os projetos futuros e das suas conquistas.

Ana Paula – Tenho tentado constantemente me atualizar profissionalmente através de cursos e especializações, uma vez que a área onde atuo exige a atualização constante. Hoje, com o cargo de supervisão tenho procurado cursos e leituras voltadas à gestão de pessoas e liderança.

 

Mais VidaComo se sente em trabalhar na Saúde BRB? O que você destacaria como diferencial da Instituição?

Ana Paula – Sou bastante agradecida pelas oportunidades que a empresa me fornece, todos os dias sou colocada diante de situações novas e desafiadoras que têm me proporcionado um crescimento tanto profissional como pessoal.

 

Mais VidaPara finalizar, deixe uma mensagem aos leitores.

Ana Paula – “Comece fazendo o necessário, depois o possível e em breve estará fazendo o impossível.” (São Francisco de Assis)